Abdominoplastia

A abdominoplastia ou dermolipectomia está indicada para pacientes que apresentam flacidez de pele e excesso de gordura abdominal, sobretudo na região abaixo do umbigo. O procedimento é indicado principalmente a mulheres que tiveram filhos, pois a gestação, além de distender a pele e os músculos abdominais, promove um acúmulo de gordura desta região, que geralmente não é eliminado com exercícios e/ou dietas.
A abdominoplastia costuma ser realizada através de uma incisão(corte) transversal logo acima dos pelos pubianos. O tamanho da incisão depende da quantidade de pele a ser removida e normalmente continua além da cicatriz da cesariana, curvando-se levemente para cima.

Sempre tentamos ao máximo posicionar a incisão de forma que a cicatriz resultante fique escondida pelas roupas íntimas e biquínis. As estrias localizadas abaixo do umbigo, muito comum nesses pacientes, são removidas junto com os excessos de pele.

A abdominoplastia com muita frequência é associada a lipoaspiração para obter um resultado estético mais aprimorado, geralmente inicia-se com lipoaspiração para remover a gordura localizada no abdome e flancos, delineando a cintura.

O uso da cinta continuamente é recomendado por um período de 60 dias e, no pós-operatório, o paciente não deve dirigir por um período de 30 dias.
Caminhadas podem ser iniciadas após 30 dias e exercícios físicos e exposição direta ao sol, a partir do terceiro mês.

A anestesia para o procedimento costuma ser peridural e/ou geral conforme o caso. A cirurgia demora de entre três a quatro horas e o tempo de internação costuma ser de 24 horas.

Desenvolvimento Digital Net