Mastopexia “A CIRURGIA DOS SEIOS CAÍDOS”

A ptose mamária (queda da mama ) pode ser corrigida sem alterar o volume dos seios, a mastopexia se destina a melhorar a forma e a corrigir a flacidez das mamas, sem necessariamente alterar seu volume. A cirurgia é indicada para as mulheres que estão satisfeitas com o tamanho dos seus seios, mas querem apenas levantá-los, deixando-os mais bonitos e atraentes ou para pacientes que querem diminuir ou aumentar as mamas corrigindo a ptose.

Além da remodelagem da mama, a retirada do excesso de pele pode eliminar estrias, dependendo da sua localização ( principalmente as do polo inferior – abaixo da auréola).

Indicações: O lifting mamário é indicado para mulheres insatisfeitas com a forma das mamas e que apresentam queda (ptose). Essas mulheres podem optar por diminuir, aumentar ou manter o volume das mamas.

A associação do procedimento com próteses de silicone é bastante comum e permite uma maior versatilidade de formas e de volumes, com ótimos resultados.

Mulheres ex-obesas que passaram por uma grande perda de peso também são ótimas candidatas para a mastopexia devido às estrias que ocorrem com frequência e devido à flacidez resultante do emagrecimento.

Existem diferentes técnicas para a realização da mastopexia, mas, de maneira geral, a técnica consiste em retirar o excesso de pele, flacidez, de gordura e de glândula mamária que provocam a queda dos seios. Este procedimento é feito na região abaixo da auréola, tendo como ponto positivo a retirada das estrias desta região junto com o excesso pele.

Após a cirurgia, é essencial o repouso mínimo de 7 dias. Evite esforços maiores durante 30 dias e utilize o sutiã especial por 2 meses para um resultado final satisfatório.

Exercícios físicos: somente 1 a 2 meses após a cirurgia.

Resultado final: seis meses.

Anestesia pode ser anestesia local com sedação, peridural ou geral.

Desenvolvimento Digital Net